Central de Manicures

o retorno de zabelê, zumbi e besouro... a vespa não veio. tá lá, fabricando mel

sexta-feira, 23 de julho de 2004

código genético
MEU IRMÃO SEMPRE FOI MEU HERÓI

A semana foi uma merda, mas a visita do meu irmão pelo menos tornou as coisas um pouco melhores. Ele mora no Rio, é mais velho que eu,  casado e tem duas filhas. Veio a São Paulo para um curso da empresa em que trabalha e aproveitamos para tomar uns gorós e matar a saudade.

No meio do caminho encontramos a Lulu e a Dedeia, que fez a gentileza de tirar a foto abaixo.


Eu nem sabia que ele também tinha deixado a barba crescer...

Ver o Pedro me fez lembrar que ele sempre foi uma espécie de herói pra mim. Era o mais popular da rua, da escola. O mais querido, o mais esperto. Eu, ao contrário, era o CDF que apanhava dos outros meninos - quando meu irmão não aparecia lá pra me defender, claro. (este último parágrafo pode se resumir em uma palavra = bicha).

Enfim, chega de encheção de lingüiça. Meu irmão é foda, eu adoro ele e pronto.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home