Central de Manicures

o retorno de zabelê, zumbi e besouro... a vespa não veio. tá lá, fabricando mel

quinta-feira, 18 de março de 2004

o fim da dolorosa
FUI NUM PAGODE NA CASA DO ZECA

Demorou, mas a fama de cachaceiro de Zeca Pagodinho finalmente teve recompensa.

E nem venham dizer que álcool faz mal à saúde. Com os R$ 3 milhões da Brahma (mais o que tinha ganho da Nova Schin), Pagodinho pode até comprar um fígado novo. Ou, quem sabe, o aparelho digestivo inteiro.

Ouvi dizer que as vendas de Brahma subiram depois do comercial. Não duvido. Agora é que nem jogar na loto: vai bebendo aí que, uma hora dessas, você tira a sorte grande e vira estrela de comercial

Nas agências de modelo e oficinas de atores, diminuiu o número de interessadas. O sonho do povo agora não é ser a próxima Gisele Bündchen nem o novo galã da novela das oito.

Todos querem ser o próximo Pagodinho, claro!

Observe atentamente os botecos de perto da sua casa. Vai achar várias modelos e até alguns ex-BBB com um pandeiro na mão, tentando compor um samba. E um copo de cerveja do lado, claro. Afinal, a combinação música popular + álcool, o Zeca não me deixa mentir, pode ser o caminho mais curto para a fortuna.

Zeca Pagodinho é o novo ídolo da Central: bebeu tanto, mas tanto, que ficou milionário.


"Hoje a cana é por minha conta!"

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home