Central de Manicures

o retorno de zabelê, zumbi e besouro... a vespa não veio. tá lá, fabricando mel

terça-feira, 16 de setembro de 2003

parece mentira, mas não é
ERA PARA SER ENGRAÇADO....

Acordou um dia e percebeu que tinha perdido o humor.

Não o humor estado de espírito. Não. Isso ele nunca teve mesmo. Perdera a capacidade de achar graça do que quer que fosse, de pastelões do Mazzaropi a filmes do Almodóvar.

Foi bem enquanto escovava os dentes, com a mesma pasta que usava desde os tempos de casado. Lembrou de uma piada contada na noite anterior pelo colega de escritório. Era hilária. Era. Era mesmo. Mas não conseguia mais rir.

Sentia vontade, claro. Mas simplesmente não conseguia. Talvez a briga no fechamento de anteontem tivesse sido a gota que faltava e estaria destinado a nunca mais, nunca nunquinha na vida, conseguir rir outra vez.

Ligou pro trabalho e disse que se atrasaria, o que logo deixou o chefe de mau humor. Mas não podia sair de casa sem a capacidade de rir. Tudo bem ir sem gravata, com meias da cor errada ou de ressaca. Sem calça até. Mas nunca sem humor. Isso poderia valer o emprego.

Colocou um vídeo do aniversário de 15 anos cafona da irmã, aquele que apesar de já ter visto mil vezes, ele sabia, era gargalhada certa.

Nada.

Ligou para a amiga mais divertida que tinha. Ela estava de TPM e falou que telefonava mais tarde. O irmão caçula, próxima opção, tinha brigado com o namorado e precisava de alguém para conversar. Fingiu que a ligação tinha caído e tentou de tudo, sem sucesso: livros, fitas, fotos antigas, até trote na ex-mulher. Que, por sinal, estava super de bem com a vida, ao lado daquele publicitário famosérrimo.

Passou a hora do almoço e nem um sorriso sequer. O telefone tocou. O celular também. O bendito identificador de chamadas alertou: era o chefe. Conseguiu não atender. Mas sempre existe a merda da caixa postal. "Ou vem agora para o escritório ou amanhã limpar sua mesa". Foi sem rir mesmo.

Produziu como nunca, tentando esquecer que não conseguia mais achar graça nem da roupa brega da menina do atendimento.

Deu um tiro na cabeça dois dias depois.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home