Central de Manicures

o retorno de zabelê, zumbi e besouro... a vespa não veio. tá lá, fabricando mel

quinta-feira, 10 de abril de 2003

Trauma de Adolescente
MAGAL ME FEZ
MATAR UM GATO


Eu tinha uns 16 anos quando passou "Rainha da Sucata" no Vale a Pena Ver de Novo. Mas me jogava pra valer ao som da canção de abertura. Mesmo quando não estava em casa, sabe?

Até que um dia...

Resolvi matar aula com meu primo Tuninho e fomos almoçar na casa dele. Depois do rango, começou a novela. E, aos primeiros acordes de Magal, meu corpo estremeceu e já não conseguia parar.

Antes da parte "Hey! Eô eô" arrisquei um passo e pisei forte no chão. Ou melhor, na Morô, uma pobre gata que teve o azar de estar por perto de um descontrolado lambadeiro.

Não tinha ninguém vendo. Indeciso entre assumir a culpa ou fazer a egípcia, me desesperei.

A gata agonizava e eu, sem saber o que fazer, chamei meu primo: "Tuninho, tá acontecendo algo estranho com essa gata..."

Logo apareceu uma vizinha para passar arnica, a família inteira se mobilizou e acabei confessando que tinha "encostado o pé nela enquanto dançava"...

Não teve jeito. A bichinha morreu. Eu me senti péssimo quando minha prima gritou "meu Deus não tira ela de mim, ela fazia gracinha pra gente rir..".

O que eu passei, amigos, nenhum ferro passou. Mas dei a volta por cima e continuo dançando as músicas do Magal até hoje.

Escondam seus gatos, eu digo!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home