Central de Manicures

o retorno de zabelê, zumbi e besouro... a vespa não veio. tá lá, fabricando mel

segunda-feira, 26 de agosto de 2002

Não sei se o pessoal da 3x4 lê essa losna de blog, mas espero que sim
Obrigado pelas mensagens sempre carinhosas de vocês, amigos.
Espero que a Nina seja feliz na primeira visita ao meu diário virtual
Que a Tati seja assídua leitora
E a Rachel me entenda ainda melhor do que agora
Enfim, não vou deixar recado para todos os 12 (ou treze ou catorze porque eu sempre perco essa conta) mas escrevo aos poucos sobre cada um deles.
Beijos!



Agora eu pergunto, Alice Venturi, mais do que nunca:

POR QUE ELE NÃO ME LIGA?

Sério, porque eu, se fosse ele, me ligaria. Eu sou tão legal cara, que eu com certeza ligaria para mim mesmo.
Aliás, vou fazer isso agora...
Vou ligar do telefone de casa para o meu celular e bater um longo papo comigo mesmo.
Falar das alegrias, chorar todas as tristezas, desabafar as mágoas
Só espero que pelo menos eu me entenda

Estátua da Liberdade, Big Ben
Ponte do Brooklyn, Ponte do Milênio
Cachorro Quente, Peixe com Batata chips
Central Park, Battery Park
Dólares, Libras
Hoje estou vendo tudo em vermelho, azul e branco
Ai, ai...
Nem terminar esse textinho eu consigo, de tanto pensar naquele ESCÂNDALO!


Alice, sério, ele é um escândalo.
Daquele tipo que não tem barriga, tem abdômen.
Ai, ai...

Ai, ai...

Daniela é uma baiana!!!!!!!!!!!!!!





Fael who?


Ai, ai, os homens...
Com eles, a vida fica complicada. Mas sem eles... ai, ai
Aliás, hoje o meu dia foi só "ai, ai"...

Reflexos do fim de semana...

Cacei um inglês ESCÂNDALO no Ultralounge, daqueles que você olha e pensa: "Não pode ser, esse cara não tá comigo"
E posso dizer sem medo que ele é o sonho de toda mãe judia, exceto pelo fato de ser gay, claro. Olha só: médico, 34 anos, 1,93 metro, malhadíssimo com peitorais enormes, londrino mas mora em Manhattan... UAU, BABY! Ai, ai..

Tudo bem que eu comecei a noite me insinuando para um amigo dele, mas no fim das contas foi ÓÓÓÓÓÓÓÓTIMO.
Ah, e para completar, ele é de Áries, o segundo melhor signo que, além de tudo, combina maravilhosamente com sagitário.
Ele fica em São Paulo até quarta e estou rezando para Santo Expedito para ver se o moço me liga.
Claro que fiquei preocupado, porque o Fael pode ligar na hora que eu estiver com o meu anglo saxão no telefone, mas azar o dele. Teve todo o tempo do mundo para ligar e não o fez. Agora ele que vá levar Nalanda para um alisamento japonês que eu só penso em inglês.

QUE VONTADE DE FALAR INGLÊS!

Ai, ai...




Essa é para a minha amiga Ivinha Ólive:

"Tem mais presença em mim o que me falta"
Manoel de Barros

Beijos e força para atravessar o seu terremoto interior.

Segunda-feira agitadíssima
Nenhum centavo no banco
E as pessoas andando apressadas na calçada da Paulista
Não sei para onde vou
Nem elas
Precisava ser duas pessoas para fazer tudo o que preciso
Vai bater cheque hoje
E nem sei a quem pedir dinheiro
O inglês que não me liga
O trabalho que não acaba...
Aaaaaaaaaaaahh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 23 de agosto de 2002

Oi minha gente, tudo certinho?

Ontem fui ao VMB, a festa da MTV e revelo aqui um pouco das coisas que vi e não posso contar em nenhum veículo de comunicação oficial. Foi bem divertido, viu?

A premiação foi uma chatice. A Fernanda Lima devia ter passado a quinta -feira toda imersa em sal para ver se conseguia ser menos insossa como apresentadora do maior evento do canal. Impressionante como ela não é espontânea at all...

Mas não é dessa linda sem graça que vamos falar...

E ROLOU A FESTA

Todo o mundo se despencou do Credicard Hall para o Shopping Market Place e a chance de entrar na área vip era disputada a tapas. Teve gente tentando entrar de penetra por dentro de um terreno baldio que fica ao lado da festa. Isso foi uma das coisas mais divertidas.

Claro que, no meio da festa, o baseado havia de dar o ar de sua graça.

Fui ao banheiro e descobri onde era o point da tchurminha cannabis.

João Gordo, creio que por suas dimensões discretas, servia de referencial no emaranhado de pessoas se espremendo por um D2. Adorei o momento em que flagrei, com minha discreção característica, Thyrso e Manuela fumando um com o balofão. FOI TUDO!!!!!

Bárbara Paz deve ter dado as suas tragadas também porque estava mais animada do que Marisol quando vende todas as flores. Alcoolizada, a moça deu um show de reality. Gosto dela, viu? Afinal, quem consegue se maquiar com polenguinho merece uma medalha de honra ao mérito.

Não vi a Morena do Tchan na festa, apesar de ela ter dado o ar da graça na premiação. Acreditem, de perto, a pele dela é PÉSSIMA! E ela foi com um vestido de uma grife chamada CAOS NOS TRÓPICOS. O modelito era tão ruim que a grife devia mudar o nome para caos global, porque os trópicos não merecem o crédito sozinhos por aquela peça de pano mal aproveitada.

Paulinho Vilhena tem um amigo pretinho cujo nome não faço questão de saber. Aonde o Paulinho vai, o moreninho vai atrás. Não sei não, viu... E ele ficou o tempo todo queito em um canto, de cara amarrada. Só saiu para vomitar, mas voltou rapidinho.

Ih! Olha lá o Supla fumando um também! Com o cabelo pintado metade de preto, metade de loiro, o charada brasileiro mais parecia outro inimigo do Batman, o Duas Faces. Acho que os dois lados do sujeito relaxaram com as baforadas.

Malu Mader manteve a linha chiquérrima de sempre, ao lado do gostoso do Tony Belloto. Nem se abalou quando Luciana Gimenez apareceu, chiquérrima.

O Xuxa, Fernando Scherer, estava MARAVILHOSO como de costume. Tesudérrimo, gente. Espetacular! Quase o parei para perguntar como ele pode ser tão gostoso!

No geral é isso.
Se eu lembrar de mais, conto outra hora.

Beijinhos
Dee






quarta-feira, 21 de agosto de 2002

Coma muito, coma tanto
Alice tem mania de intensificar o que faz

Acabo de me dar conta que Bala Juquinha é uma das coisas mais deliciosas do mundo.

terça-feira, 20 de agosto de 2002

Acabei de ouvir a canção Aladim e a Lâmpada Maravilhosa, da Carla Perez.
Sério, NINGUÉM MERECE!
Como ela consegue ganhar dinheiro com essa música?
E a voz, então? Peçam para ela cantar ao vivo que vocês vão ver só o que é bom para tosse...


segunda-feira, 19 de agosto de 2002

O Conto do Ponto

Qual a diferença entre ponto de bordado e ponto de macumba?
Aprendi hoje de tarde que nesse mundo não falta ponto
É de ibope, de ônibus, de venda de drogas
Tem o ponto de camelô e o de táxi
Ponto com sobreloja: os dois pontos
De interrogação e de vista
E até ponto minoria: o ponto e vírgula, que não decidiu ainda se quer que a frase pare de uma vez ou só um pouquinho
De prostituição
Ponto e cruz
Às dez em ponto
De referência
Pontos no placar
De exclamação
Ponto. Parágrafo.
Ponto final, que nem sempre termina tudo
Passo este ponto

Por que não escrevo o texto perfeito?
Aquele que se esconde nas minhas sinapses
Dribla meus tolos neurônios
Esconde suas sílabas, uma em cada lobo cerebral
Talvez já tenha escrito textos perfeitos
Eles são como lobotomia, mas disfarçados em um bombom
Primeira mordida, um sonho
Depois sobra um resíduo de coisa boa
Com gosto ruim no final
Dói pra burro, que ironia!
E aí você esquece

Oi crianças, hoje a gente vai aprender a conjugar o verbo AQÜENDAR...
É fácil. Mas chato. Porém você pode aprender várias coisas sobre modo, tempo, pessoa e afins
Dedico esse momento a DOna Anita, minha professora de português da quarta série que me ensinou tudo o que sei sobre verbos.

PRESENTE DO INDICATIVO
Eu aqüendo
Tu aqüendas
Ele aqüenda
Nós aqüendamos
Vós aqüendais
Eles aqüendam

Ok, eu juro que iria até o Imperativo Negativo, passando por todos do subjuntivo, mas não rolou...

Qualquer hora, ok?

Oh, Yoda, quando me ensinarás as coisas que preciso aprender sobre blogs?

Juca Repórter

Digam o que quiserem
Só eu tenho um gato repórter
Ele anda investigando minha vida amorosa
E solta um miau a cada eureka!

Quem tem seus podres, esconda-os
Juca super poderes para revelar o mal que se oculta em um saco de ração
Seus lactobacilos são mais vivos
E nem Sherlock alcançaria tais bigodes

Mas ele só cai em perdição se passa uma cordinha
Quica uma bolinha
Ou se passa uma gatinha
Juca Repórter escreve uma notinha
Virou esportista famoso
Fez a corda de rede e usou a bola para virar ídolo do vôlei
Afinal de contas, não dá para ganhar a vida como jornalista.

Tu tu tu
É um pronome pessoal do caso reto
ou um telefone ocupado por meu oblíquo ego?
Nós nós nós
Se eu disser você acha que é fruta seca
Se você ler pensa que é a gente
Se eu fizer você não sai do lugar

Máxima do fim de semana, dita pela drag Dilá Diluz, no Tunnel do Tempo...

"Quem não tem para onde ir, não devia ter vindo"

Só.

Ok, consegui uma folga para começar a contar as coisas...

FUI NO TORORÓ E O FAEL ME LIGOU. PENA QUE EU NÃO ESTAVA EM CASA

Tudo mentira! O título era só para chamar sua atenção, incauto leitor. E agora, pelamordedeus, leia a história abaixo. Prometo (ou será que juro?) que vai ser legal...

Sexta à noite fui ao show do Fama aqui em São Paulo. Bem legal, apesar de ter sentido vontade de bater em algumas adolescentes que gritavam demais. Sobretudo as que fizeram balbúrdia (adoro essa palavra!) quando o Fael apareceu no palco. Vamos aos pontos legais do espetáculo:

1. Adelmo cantando Sá Marina. TUDO! Ele é demais, apesar de ser meio nanico, mas isso não tem nada a ver com voz, não é mesmo? Cara, parece uma tarde de domingo no fim de semana, uma coisa beeeem verão. Ele é muito, muito bom.

2. Fael, em todo e qualquer momento que aparecesse no palco. Gente,sério, eu amo esse cara e já não tenho dedos pra contar quantas vezes liguei para a caixa postal dele (ok, novamente, tudo mentira. Tendo ao exagero vez ou outra). Mas o destaque é Samba do Avião. Pena que ele não canta Seduzir. Digo, ainda bem porque os efeitos sobre mim seriam avassaladores.

3. A empolgação do Tonny Francis. O menino parece uma pipoca no palco. E tem um abdômen delicioso...

4. Vanessa Jackson, que comprovou ao vivo, que era mesmo a melhor de todos os 12. Tem uma presença de palco sensacional e canta mais que eu e meus clones (falo sobre isso outro dia) juntos.

Daí vocês me perguntam. E o que teve de ruim?
Ih! Várias coisas, quase todas de cunho pessoal.

1. Ana Luiza e Lívia - Minha aversão às duas é tão grande que nem consegui um ítem separado para cada uma. Precisa falar mal das duas ao mesmo tempo. Agora, as perguntas: QUEM DISSE PARA A ANA LUIZA QUE ELA CANTA? E, mais importante, POR QUE A VACA DA LÍVIA FAZ AQUELA PORRA DAQUELA ONDE QUANDO CANTA 'AH, SE EU FOSSE MARINHEIRO'?

2. Rodriggo, tão tão tão tão gatinho e namora aquela insossa. Como ele pode ser tão bonitinho e afinado e ficar com a "mulher da ondinha"?

3. Lady Marmalade. Por que combinar duas pessoas tão legais como Nalanda (que tá queimada comigo porque ficou com o Fael) e a Vanessa com a Ana Chatiza?

É isso. Fim da primeira parte.
Mas espere!
Vem aí o melhor da noite.... OS CAMARINS!

...PARA MIM NÃO, MAS PARA A ALICE O CACHORRO LIGA!!!!! ORA ESSA!

Isso, sim, é verdade. Ou quase. O fato é que houve uma conversa telefônica entre Fael e Alice. Mas fui eu que, estando ao lado dele, liguei para Alice e ordenei: "Não sai da linha por nada desse mundo". Claro que, no melhor do papo, apareceu uma lambisgóia fazendo as vezes de namoradinha. Odeio namoradinhas, ex-namoradas e mulheres boazinhas demais. São todas falsas.

Troquei umas idéias com a Andréa, mas não consegui convencê-la a cortar aquele mafuá. Tudo bem, é uma coisa black, de valorizar as raízes. Mas vamos convir que dá para esconder a Henriqueta Brieba naquele cabelo, né? Falo isso com o maior respeito, porque a Andréa é uma das minhas preferidas. Aliás, justamente por isso eu queria que ela fizesse alisamento japonês ou, sei lá, transplante de couro cabeludo. Existe, sim!

Achei o Fael meio magrinho demais ao vivo. Mas quem se importa? Esse é um dos poucos casos em que menos é mais. Ele é meio dentuço, admito, mas isso só me deixou mais interessado. O triste é pensar que ele nasceu em 82, quando eu já tinha cinco anos! Pô, eu já até fazia caderno de caligrafia...

Engraçado mesmo foi quando eu saí dos bastidores, onde consegui entrar com meu crachá de imprensa, e passei pelo meio das fãs. Fui abordado por duas que queriam saber se eu era irmão do Tonny Francis. "Parece!", insistiu uma delas, como se eu estivesse mentindo. Vê se eu posso com fã? Devia haver uma multa que obrigasse fãs muito empolgadas a limpar o chão da minha casa. Nossa, minha casa viveria um brilho só porque nesse mundo não faltam loucas, né bi? Continuei minha jornada a caminho da rua e ainda vi algumas tresloucadas que me apontavam o dedo dizendo: "É da produção aquele ali." Ah, se soubessem que eu namoro o Fael. Aliás, ah se ele soubesse que me namora.

Eu até fazia fritada de azeitona pra ele. Com queijo ralado! Mas aí eu teria de dispensar as fãs limpadoras de chão ou correira o risco de chegar em casa e encontrá-las limpando outras coisas. Malditas! Parecem Gremlins essas porras!

Por ora, é isso!

P.S.: É triste. Mas Nalanda tem joelho gordo...

Caraca! Um milhão de coisas para contar...
Mas não posso porque tenho ainda um zilhão de coisas para fazer.
Não durmi essa noite
Ansiedade demais...
Fui ao Show do Fama na sexta e falei com o Fael. Confirmado: ele é mesmo um gostoso.
E tenho dito.

sexta-feira, 16 de agosto de 2002

Recebi um e-mail do Léo, comentando os manuscritos do mar blogo.
E outro da Gisele. Como não poderia deixar de ser, a Gisele foi a única que reclamou. M

Putz!

Hoje o dia foi tão foda que mal sei o que escrever

Mil reuniões, um milhão de pessoas cobrando as coisas mais variadas, um milhão de telefonemas....

Enfim, amanhã tenho trabalho extra e devo passar aqui.

Beijos

quinta-feira, 15 de agosto de 2002

Ai, acho que já vou indo embora.
Amanhã comento mais coisas, tá bom?
Beijos

Gente, hoje entrevistei a Silvia Poppovic. Fiquei encantado, mais até do que imaginava, viu?
Ela é um amor, bem bacana e foi super gentil comigo. A filhinha dela é a coisa mais fofa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Eu sabia que, cedo ou tarde, alguns amigos ficariam enciumados por não serem citados aqui...
Ei, gente, não foi por mal, tá? Na verdade foi tudo planejado, para provocar mesmo...
Essa mensagem é especial para minha amiga Rachel, do Rio. Parece que, até o momento, é a mais assídua leitora (se não for a única!) desse meu diário virtual

Aproveito o gancho para apresentar aqui mais amigos...
Começo pela Rachel que, como leitora, tem prioridade....
Vamos lá:

Rachel - Mora em Niterói e fumava incenso no início da faculdade. O figurino, claro, fazia a linha hippie e eu falei mal das roupas dela nos primeiros semestres. Mas depois descobri que é uma figura maravilhosa, apesar de às vezes dizer por aí que sou casado com ela. Invejo uma coisa em especial: ELA TEM SEU PRÓPRIO MANÍACO. É um menino que estudou com ela e até hoje a assedia, mas deve ter uns corpos escondidos na geladeira, pelo que a moça conta.

André - Existe uma pessoa sem maldade no coração? Sim, o André. Tão boa alma que se fingir que pe anjo engana até São Pedro. Divertido, inteligente, é o único da turma de quem eu teria sido amigo se a gente tivesse estudado junto no primário. Está fazendo um projeto de conclusão da faculdade que ainda vai dar o que falar. Perguntem-me sobre ele no futuro.

Léo - O último que conheci e o que melhor me conhece. Namoramos por três anos e até hoje nos damos muito bem. É uma graça e compete com o André pelo título de boa alma. Acho que, só por me aturar por tanto tempo, devia ganhar disparado o título. Com ele aprendi a ter paciência (e curiosidade) para ver filmes vietnamitas.

Gisele - Inteligente e competente, é o tipo de pessoa que daria certo em qualquer carreira que escolhesse, de Medicina a Meteorologia. Passou em todos os vestibulares e foi a primeira de nós a se acertar profissionalmente. Até passou na Aiesec! Vive reclamando que quer emagrecer e ainda não descobriu que profissão a fará mais feliz. Mais umas lágrimas e ela chega lá...

Guga - Talvez seja a pessoa que menos conheço, mas gosto muito dele. É considerado o mais distraído da turma e se quebrou todo com uma vidraça no ano passado. Ainda quero descobrir um monte de coisas sobre ele e espero ter oportunidades para isso.

Roberta - Tentem falar o nome dela três vezes seguidas e ela se materializará, como no filme "Candyman". É hilária e, desde que a conheço, mantém o costume de pedir para cheirar os chocolates e comdias muito calóricas que ela evita. Brasiliense, atriz, disputa com Aline para ver quem vai se formar depois.

Aline - Sempre foi a criadora de bordões da turma. Aliás, no futuro colocarei aqui algumas das pérolas da moçoila. Todo dia enfrenta a distância que separa São Gonçalo, cidade nobre onde ela vive, do Centro do Rio, onde ela finge que trabalha, mas só fica mandando e-mail. Começou a faculdade fazendo Rádio e TV e, nem ela sabe por que, trocou para Jornalismo quando estava no sétimo período. Até 2010 ela se forma. Aline, AMO você...

Alexandre - Fico triste porque ele raramente manda e-mails e sempre tem reações fortes quando alguém envia mensagens de correntes ou com anexos. Trabalhou durante um bom tempo na casa de Betty Szafir, onde aprendeu tudo sobre servir bem. Namora a Gisele desde que os dois eram adolescentes e freqüentavam o Tulipão, em Edson (não me perguntem o que é Edson). Hoje ela é chique: mora na Barra, bi!

Mônica - Raramente fala com a mãe dela e nunca dá satisfação em casa. Saí para a balada na sexta e volta só no domingo, sem jamais trocar um telefonema para Nely, a mãe que, por outro lado, também não fica no pé dela. Dirige com muita segurança, mas adora mesmo é andar de marcha a ré.

Tatiana - Produtora nata, adora reunir os amigos mas vive sumida, atolada em compromissos misteriosos. Namorou um cara chamado Yuri, que nunca apresentou ao resto do grupo. É a mais doce, meiga e carinhosa do grupo.

Carol - "Ensaboa, mulata, ensaboa", mergulhou de cabeça na lavanderia que a mãe comprou. Estudou com Tatiana e Bruno na infância e é, na minha opinião, a mais observadora de todos nós. Fala pouco, mas diverte o povo quando se empenha nisso.

Bruno - A primeira coisa que chama a atenção de quem o conhece é a simplicidade. Não tem manias excêntricas, não fala mal de ninguém, odeia música estrangeira e sonha encontrar um emprego que o faça pegar no pesado. Tem total aversão a séries de televisão americana e à cantora Cher.





quarta-feira, 14 de agosto de 2002

A Descoberta da Dança

Senpre fui meio saidinho, mas nunca tinha passado, até ontem à noite, pela experiência de dançar abraçado com um homem.
Juro, nunca mesmo!
Até então, dançar era para mim uma simples convenção social, combinada a exercícios aeróbicos
Que nada! Descobri que existe uma dimensão extreamente excitante de colar seu corpo no do parceiro e eu, que sempre dancei com mulheres, nunca tinha sentido.
Ai, ai, como foi bom. Quase melhor que sexo, sem dúvida melhor que alguns beijos que já provei.
Ai, ai, que vontade de dançar mais, conduzir um outro cara para lá e para cá
E até ser conduzido por ele de vez em quando tambem
Desculpem-me pela falta de poesia
Ou por qualquer outra mancada desse textinho
Mas hoje eu só queria mesmo era dançar

terça-feira, 13 de agosto de 2002

Quanta diversão cabe em uma só pessoa?
Saio toda noite em busca dessa resposta
Segunda, Quinta, Domingo
É impossível ter certeza se vai ser legal
Se aquele cara estará lá
Ou se vou chafurdar na cerveja
Tem gente que vale a pena o sacrifício de chegar em casa chegando a guimba de cigarro gigante
Outros não merecem nem um canudinho usado
Continuo minha busca
Bethânia a procurar sem encontrar
Só volto quando acabar a última música
E o garçom me recusar o trago final
Só volto se achar alguém que me leve
E se o sol da manhã esquentar demais
Me abrigo em um toldo de boteco para esperar pela noite
Prometo que vou parar com isso
Que meu fígado já deve estar em frangalhos
E juro que se não vomitar mudo de vida
A noite cai de novo
E me dou conta que já até devo ter achado a diversão
Mas de tanto tomar álcool, ele a tomou de mim

Quanta diversão cabe em uma só pessoa?
Saio toda noite em busca dessa resposta
Segunda, Quinta, Domingo
É impossível ter certeza se vai ser legal
Se aquele cara estará lá
Ou se vou chafurdar na cerveja
Tem gente que vale a pena o sacrifício de chegar em casa chegando a guimba de cigarro gigante
Outros não merecem nem um canudinho usado
Continuo minha busca
Bethânia a procurar sem encontrar
Só volto quando acabar a última música
E o garçom me recusar o trago final
Só volto se achar alguém que me leve
E se o sol da manhã esquentar demais
Me abrigo em um toldo de boteco para esperar pela noite
Prometo que vou parar com isso
Que meu fígado já deve estar em frangalhos
E juro que se não vomitar mudo de vida
A noite cai de novo
E me dou conta que já até devo ter achado a diversão
Mas de tanto tomar álcool, ele a tomou de mim

Quanta diversão cabe em uma só pessoa?
Saio toda noite em busca dessa resposta
Segunda, Quinta, Domingo
É impossível ter certeza se vai ser legal
Se aquele cara estará lá
Ou se vou chafurdar na cerveja
Tem gente que vale a pena o sacrifício de chegar em casa chegando a guimba de cigarro gigante
Outros não merecem nem um canudinho usado
Continuo minha busca
Bethânia a procurar sem encontrar
Só volto quando acabar a última música
E o garçom me recusar o trago final
Só volto se achar alguém que me leve
E se o sol da manhã esquentar demais
Me abrigo em um toldo de boteco para esperar pela noite
Prometo que vou parar com isso
Que meu fígado já deve estar em frangalhos
E juro que se não vomitar mudo de vida
A noite cai de novo
E me dou conta que já até devo ter achado a diversão
Mas de tanto tomar álcool, ele a tomou de mim

Alice, escrevi esse recado enquanto falava com você no telefone...
Beijos mil
"Quando me vi tendo de viver comigo apenas e com o mundo você me veio como um sonho bom"

Lembra do cartãozinho?

Procuro renda extra
E não estou falando de bordado cearense.
Cara, sério, se alguém souber de um emprego para as horas vagas me avise.
Estou topando ser garçom, digitar coisas, dar aulas de inglês e até vender Natura.

Devo, não pago, pego mais dinheiro com o banco sempre que puder

segunda-feira, 12 de agosto de 2002

Aposto que foi o Marcos Mion
Mas isso leva a outra pergunta: Quem falou para o Mion que ele era legal?
Aposto que foi a Sabrina Parlatore
Mas é melhor para por aqui porque o que não falta é gente equivocada na televisão
Que, aliás, não anda muito legal, não

Às vezes escrever um blog é como se perguntar se há vida fora da Terra
Será que há vida do outro lado dessa tela de cristal que liquida minha esperança?
Vou cantar em tom bem alto para ver se o cristal se quebra e eu enxergo o outro lado do espelho...

Quem enganou a Babi que ela era legal?

Angélica Yoda esconde a força Jedi por trás de óculos de cinema alemão
De vez em quando camufla uns versos de Dorothy Parker no cabelo curtinho
A blusa xadrez vermelha parece que levou xeque mate
Mas ela anda por aí agora com um casaquinho da muié do vigário
Foi vista na Padre João Manuel passeando com um felino albino em uma coleira
Largou o gato para observar um Palio cor de prata que insistia na baliza perfeita
Entrou em crise, fechou umas páginas com limpador de pára-brisas na lente dos óculos
Depois se mandou para uma agência do Banco Real


Alguém aí conhece o reino mágico de Acaplacuida?
Qualquer hora falo disso por aqui. Juro! Me cobrem, viu?
E mandem comentários, raiva, amor ou chumbinho para
deenim@bol.com.br

Beijos paulicéicos com gosto de pão de açúcar!

Cri Cri Cri
Quem disse que eu tenho gênio ruim?
Vou fazer essa riminha até alguém mandar parar
Só troco o bicho e mantenho o mesmo deboche
Cri Cri Cri
Quem disse que a vida é pra mim?
Porque eu achava mesmo que era
Só troca a pessoa, mas fica sempre a mesma miséria
Cri Cri Cri
Puta merda meu irmão
Que eu já não tô nem aí
Pinta o cabelo de azul e ensina a todo o mundo que se fosse fácil não tinha tanto filósofo alcoolizado em balcão de bar
Não tinha tanto doido vendendo pente de madeira para comprar incenso do Tibete
Tinha só um grilinho saltitanto
E fazendo
Cri Cri Cri

Eu sou um gatinho fagueiro
Miau Miau Miau
Ronrono quando quero
Arranho quando não me querem
E ainda quero ração no final
Miau Miau Miau


Alice Venturi, sua ingrata, cadê você que não me lembra na sua cabeça de musa virtual?
Manda o moço me ligar e dizer que a vida é mais completa assim
Pergunta opara quem passar porque é sempre essa andança
Sempre essa sede
E nada de água, ilha, riacho ou arroio
Nada de confiança em mim mesmo
E meu despertador que não me tira de mim
Por onde a gente se enfiou
Que nem os mais altos nos acham?
Vou correndo comprar meus patins motorizados
E reajustar preço em mercado
Que a vida tá cara demais

Os Quatro Finalistas do Fama

Eu falei, eu falei, eu falei....
Bem, admito que errei por um, porque jurava que o gordinho ia para a final. E ele até perdeu 4 cm de cintura! Epsero que não role uma deprê e ele recupere a metragem perdida.

De qualquer modo, desconfiei que o Marcus estava nos planos da Globo.

Só fiquei triste porque a Roberta, que eu adoro, dançou. Ela está a cara da Marisa Monte, notaram? Gosto muito da voz dela e espero que dêem à moça uma chance de gravar. Eu compraria!

Tem uma santa na Fran's Café da Haddock!

Pasmem! Sábado passado, cinco e meia da manhã, voltava de uma balada com um amigo e resolvemos parar no Fran's da Haddock para comer uma coisinha qualquer. Podia ser uma bichinha mesmo. Mas ficamos com um roll de presutno e queijo. Aliás, aqui quero abrir parênteses: por que roll e não enrolado? Sei lá, que tal enroladinho?

Pois bem, entrei no estabelecimento comercial esperando o mau humor de costume e.... FIQUEI PASSADO! Estava uma festa, todos de bom humor, inclusive tirei sarro de algumas das atendentes e a gente terminou a noite falando dessa história de Santa aparecer em janela. Seria ótimo se Nossa Senhora resolvesse tomar um expresso e desse as caras no Fran's da Haddock. Mas ai dela se fosse mal vestida! Sabem que bicha não perdoa nem santa, né?

Em meio a tanta diversão, cheguei a me perguntar se não estava em um episódio de Além da Imaginação. ("Twilight Zone" para quem come "roll", ok?). Sabem que, de tanta risada, meu amigo e eu pagamos um café pequeno e recebemos um grande. Deve ser por isso que a gerência do Fran's treina essa gente para ser mau hmorado. É uma coisa "servir mal para não servir demais".
Vai entender, né?




Longo e tenebroso inverno, hein gente?

Uma matéria tomou minha sexta-feira e minha segunda-feira e quase não sobrou tempo para ser eu mesmo

Cá estou, no trabalho, com tanto sono que o Freddy Krueger poderia até se aproveitar desse meu westado de sonho acordado.

Ai, pensando bem, que horror! Morro de medo dele. Não quero não!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 8 de agosto de 2002

Maldito CD!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Caí na besteira de instalar um daqueles cds da AOL no meu computador. Era daqueles com duzentas mil horas grátis e com um milhão de vantagens escritas na embalagem. "Vou usar só nesse fim de semana e depois cancelo", pensei, inocentemente.

Na terça-feira seguinte, liguei para aquelas "mocinhas-gerúndio" do telemarketing. No caso da AOL, acho que elas são instruídas a ser descontraídas. Em vez de "senhor", a menina perguntou se podia me chamar só pelo meu nome. Foi o início de uma ladainha descrevendo as vantagens de ser parte do maravilhoso mundo da America Online. Ela me ofereceu dois meses de gratuidade e, com uma lábia de primeira, conseguiu me convencer. Se eu não gostasse, poderia cancelar em dois meses, sem o menor problema.

O tempo passou, voaram as folhas da memória e, um bimestre depois, ao tiara um extrato, me dei conta de que haviam descontado 35 reais. "Maldição", bradei furioso, antes de chegar ao trabalho e telefone em mãos, enfrentar outra ladinha de telemarketing.

- Quero cancelar minha conta, disse, enfático
- Que notícia triste, senhor. Por que? , responde a mocinha-gerúndio nº 1
- Meu computador está quebrado e ficarei sem acessar internet por, no mínimo, dez meses, inventei de última hora.
- Mas o senhor pode usar o plano..... (afastei o telefone e deixei-a tagarelar)
- Não quero outro plano, quero cancelar minha conta, repeti, ainda mais enfático
- Vou transferir o senhor para o setor correspondente.

Depois de uma maratona de planos, benefícios e gratuidades, consegui cancelar minha conta. Moral da história: JAMAIS instale um cd da AOL no seu computador. Ele pode se voltar contra você. Use o cd para qualquer coisa, como árvores de Natal alternativas e similares.





Resolvi arriscar um palpite de quem serão os finalistas do programa Fama Bis...
Aposto com quem quiser que a final será entre Danny Nascimento, Fábio Nestares, Maíra e David Fantazzini
Agora, eu não me surpreenderia se a Globo desse um jeito de colocar o Marcus Vinícius na final. Ele tem uma história de vida daquelas que fazem o telespectador chorar e tem aparecido bastante no programa
A Roberta Sá, minha favorita, acho que tem poucas chances de chegar à final.

O Aniversário de Rildo

A festa de Rildo Barros, aka RB, reuniu a nata do mundinho gay no café Terra Madre. Eu, particularmente, não sou fã do lugar, mas estava bacana. O RB consegue reuniur pessoas de todos os tipos, idades, orientação sexual e credo religioso. Tanto que até tomei a liberdade de fazer uma adaptação da música da Ivete (Sangalo, minha íntima). Coloco no final desse textinho, ok?

O destaque da noite foi Alexandre em sua fase clean. A bicha apareceu com uma pele ÓTIMA. E riu de todas as minhas piadas, graças a Deus. Yann também parecia um pêssego, ou seja, estava em ótimas condições dermatológicas.

Rafael, meu amigão, está cada vez mais de bem com a vida e a turma toda anda numa fase de "só love" com ele. Que bom, ele merece! Eu já sabia há tempos que ele é legal. Mas já estou ficando com ciúmes, viu...

Ivinha Ólive, amiga das minorias, passou a noite no balcão do bar com duas outras mulheres hetero. Sim, heteros eram minoria no local. Mas azedou de vez quando lembrou , já no Ultralounge, que havia esquecido seu casaco de 500 reais no Terra Madre.

O bas fond da noite ficou a cargo da Val, completa até na hora de bafonar, ela bateu no segurança do TM (estou com preguiça de escrever Terra Madre. Se quiserem, podem chamar de Café Madre Teresa também). Pela performance e pela peruca sensacional, recebeu o apelido de Lili Carabina. Isso tem cara de coisa do Alê, mas ele jura que não.

Do TM fomos para o UL (Ultralounge) e estava tudo de bom. Em um momento, o som falhou e teve bicha a ponto de fazer escândalo, movida a muito E e outras coisas que nos ajudam a atravessar a noite.

Aos 44 do segundo tempo, quando estávamos indo embora, o Rildo caçou um menino na pista de dança e aqüendou tão discretamente que terminei a noite procurando pela bicha, junto com o Marcelo. Vocês acharam ele? Não? Nem eu. Enquanto eu rodava o UL, ele já estava vendo o sol nascer aqüendado no abatedouro, digo, no studiozinho da Bela Cintra. Tô pretérito!

Jurandir, carne nova no pedaço, recebeu o apelido de Roxane e deu o sangue na pista, como bem definiu o Alê. Aliás, deixem-me explicar... cada amigo tem um nome de mulher, para as horas de descontração...Vejam a lista

Alexandre = Irene
Celso = Alzira
Marcelo = Fátima
Rildo = Solange
Eu = Selma
Rafael = Nicole
Jurandir = Roxane

Enfim, vejam a versão RB (não é Rythm and Blues, é Rildo Barros mesmo...) do sucesso "Festa":

Hoje tem festa do Rildo
Pode vir pra aqüendar
Misturando o mundo gay
Muita biba vai chegar

Tem bicha de toda cor
Tem sapa de toda fé
E a Val que já chegou
Batendo no segurança mas não entrou
Iva não saiu do bar
o Rafa do paredão
o Alê de pele nova já
avisou
avisou
avisou
avisou

Que vai morar na França
Vai morar
No ano que vem a festa vai ser lá

Mas enquanto não viaja
vamos lá pro studio do Rildo
emgrupo aqüendar

Na na na na na na...






quarta-feira, 7 de agosto de 2002

Latinidad...

Alguém me explica o que é a novela Joana, a Virgem?

Ah! Para quem via Carrossel, a Maria Joaquina (a loirinha que maltratava o Cirilo) cresceu e está fazendo uma dessas novelas hispânicas do SBT... Ai que saudade da Professora Helena...

Queria ter tempo para ver as trapalhadas de Betty, a Feia. Ela é uma gracinha, né pessoal?

Não vou comentar Marisol. Gosto muito da Bárbara Paz, mas a novela é ruiiiim....

Figura da Mitologia Grega
A única colaboradora desse Blog, Angélica Yoda, alerta para um erro grosseiro cometido na definição de Rildo, que está em algum lugar aí embaixo. Na pressa, escrevi que ele tinha uma crista. E desde quando leão tem crista? Acho que confundi meu amigo com alguma quimera, centauro, minotauro ou figuras afins, presentes na mitologia grega.

Alice Venturi, amiga e musa, mandou parabéns pelo novo visual e pelo nome mais aconchegante. Agradeço com lágrimas nos olhos.

Gente, a marisa Monte está grávida, viram? Eu amo tanto ela... Na única vez que tive a chance de falar com Marisa, não consegui escapar da tietagem: disse que era jornalista e que um dia ainda hei de entrevistá-la. Daí pedi um abraço e saí feliz da vida. Ainda bem que ela foi legal comigo. Imagina se ela fosse rude... Seria um mito a menos para adorar.

terça-feira, 6 de agosto de 2002

Acreditam que o Fael Mondego ainda não me ligou?
Tudo culpa da Nalanda!

Cara, só São Paulo mesmo para ter um lugar onde a pegação gay é legalizada...
Fiquei passado ontem à noite, depois de dar uma circulada pelo Autorama.
O lugar foi cercado e agora, em certos dias, há policiais na entrada que pedem um documento e a gente tem que fazer cadastro do carro. Tô pretérito! As bibas locais agora se referem ao "circuito" como "fazer um cadastro".
Lá dentro, o que se vê são caras de todos os tipos e idades, em clima de aqüendação total. Até dentro do parque, no meio das árvores tem gente (eu não fui lá, vi pelo outro lado da grade, ok?)
Enfim, autorama é tudo e hoje não estou com inspiração para escrever mais.
Estou de saída pois tenho um compromisso. Beijos e até amanhã.


Oi!

Minha amiga Angélica Yoda disse que eu precisava animar um pouco mais esse espaço. Daí a mudança de nome e de endereço.
Sai a loucura furiosa (e solitária), entra o leve e descontraído papo de salão de beleza.

Vou almoçar e mais tarde volto a comentar coisas.

Beijos

segunda-feira, 5 de agosto de 2002

Ok, já foi loucura demais por um dia
Faltou comentar o solitário
Alguém quer tc?
Bem, a despeito de minhas tentativas continuo só
Achei que era o Marcelo, o Léo, outro Marcelo, além de vários outros cujo nome não pode ser citado
Achei que eu tinha dono, mas descobri que circulo por aí sem coleira
Só espero não ser pego pela carrocinha
Nada mais triste do que uma bicha que vira sabão

A minha grande pergunta no momento é:

ALGUÉM TÁ LENDO ESSA PORRA?

Se estiver, escreva para deenim@bol.com.br e conte o que achou? Mas se for para dizer que me odeia, diga primeiro que me ama . Estou em uma fase tão difícil da vida que sentimentos negativos são avassaladores para minha frágil psiquê...

Oito e onze da noite

Meu blog recém-nascido precisa arrotar mais uma vez...

Alguém lembra da US Top?

Cara, graças a uma campanha publicitária dessa marca, a vida de milhares de "Fernandos" virou um inferno.

Ou alguém esqueceu o famigerado bordão: "Bonita camisa, Fernandinho"?

Sem contar que Fernando é um nome meio complicado porque é um gerúndio, né?

Tipo Orlando..

Voltemos à marca...

Saiu de moda, como a cerveja Malt 90?

E o baixinho da Kaiser, será que hoje toma outra cerveja?

Chega de arroto, né amigos?

Mais tarde venho trocar as fraldas...


Estou adorando a experiência de escrever o que quero, sem ninguém para editar ou dizer que o espaço é menor do que a quantidade de toques que pus no papel de mentirinha do Word.
Assim, resolvi mandar abraços para todos os amigos e amigas. Aos poucos, porque sou amigo de Deus e todo o mundo, vou apresentar alguns para vocês, leitores que soó eu acho que existem.

Vamos lá:

Ivinha Ólive - grande amiga, quase uma musa. Vive a vida intensamente e sempre sabe o momento certo para ser densa e/ou louca.
Rafael - meu grande parceiro de baladas, fazemos todas as coisas que namorados fazem, exceto as que têm a ver com sexo. Ou seja, viramos tatas. Né, bi? É quem me salva nas noite de bebedeiras.
Alê - brilhante, cheio de vida, consegue colocar no papel coisas que muita gente pensa e só ele sabe como dizer.
Rildo - leonino típico, adora cuidar da crista e e devora avidamente suas presas, se é que vocês me entendem
Val - mulher completa, do tipo que entende de sexo, literatura, álcool e afazeres domésticos
Celso - um dos melhores corações que já encontrei. Calmo, hilário, amigo, gentil, gente boa ad eternum
Daniela- baiana, engraçada, mais preocupada com peso do que deveria, é a mulher que passa o dia ao meu lado. A gente até passa creme um no outro...
Kiko - parceiro de copo, encontro quase sempre por acaso, mas sempre com alegria de rever.

Alguém ainda tá lendo?
Câmbio, desligo

Homens

Tom Cruise é o homem mais bonito do universo
mas caiu nos braços daquela espanhola sem sal
Brad Pitt dispensa comentários
mas a Rachel até esqueceu do Ross por ele
Ben Affleck devia escrever um roteiro para mim
mas a J.Lo não deixa
E, para completar, o Fael do Fama não me liga...

POR QUE ELE NÃO ME LIGA?

Quem disse que é legal?

Resolvi alugar Flashdance, hit dos anos 80 que, na verdade, é de chorar de ruim. O filme é tão maldito que ninguém que participou dele se deu bem, a começar pela Jennifer Beals, que abalou 1983 com aquelas polainas ao som de Irene Cara. Essa última, por sinal, também caiu no ostracismo.

Enfim, estava vendo o cassete (ainda não entrei na era do DVD), quando minha amiga Alice, ao ver a cena em que Jennifer deita na cadeira e puxa uma cordinha, exclamou: QUEM DISSE QUE É LEGAL?

Nascia ali uma frase clássica, que entrou para meu repertório de frases. Agora, bobeou, pergunto: QUEM DISSE QUE É LEGAL?

Só espero ter mais sorte na vida do que Jennifer e Irene...

A minha pergunta, para quem ainda lembra do filme é: O QUE ACONTECEU COM A AMIGA DELA QUE QUERIA SER PATINADORA, VIROU STRIPPER E FOI RESGATADA POR ELA?

Enfim, esse filme ainda vai dar o que falar... pelo menos até alguém resolver lançar, quem sabe no ano que vem, um director's cut. Eu bem que tiraria minhas polainas do armário...

Até daqui a pouco!

All work and no fun make me a silly boy
All work and no fun make me a silly boy
Essa noite tive um pesadelo... sonhei que uma bruxa tinha passado pela minha rua e desfeito a minha plástica de nariz! (Ok, essa não é minha, acabei de chupar do filme A Família Addams 2, cartaz da Sessão da Tarde).
E dizem que o trabalho enobrece o homem.

Você deve ter reparado que o nome desse blog (Louco Furioso) é diferente do endereço de Internet(loucosolitario)
É que eu mesmo tinha criado, alguns meses atrás, minha primeira tentativa de blog. Essa sim, tinha louco furioso no endereço, mas esqueci a senha.
Ah, e Louco Furioso, o verdadeiro, é o meu primo Tuninho. Qualquer hora falo mais sobre ele.
Uma saudação especial para minha amiga Angélica, que me introduziu no universo dos blogs. Tal qual Mestre Yoda,a cuidar das coisas do blog me ensina ela.

E aí, galera?
Primeiro dia do resto de minha vida virtual.
Será que alguém vai ler? Espero que nenhum dos meus chefes.
Será que algúém vai me escrever? Espero que nenhum dos meus chefes.
E eu que queria estar em Acapulco agora.
Não, nunca fui lá. Mas o pessoal do elenco de Chaves sempre ia
Mas na dublagem eles diziam Guarujá.
Eu, pequeno e burro, ficava me perguntando: "Mas em que lugar do Guarujá fica esse hotel?"